Relativas

Gestão tributária de PMEs: veja os impostos que elas precisam pagar

Escolha o regime tributário:
Primeiramente, uma gestão fiscal passa pela escolha do regime tributário no qual a empresa se enquadra. As micro e pequenas empresas podem, dependendo da área de atuação, optar pelo regime tributário Simples. Já as demais empresas possuem a opção de lucro presumido e de lucro real como regimes tributários.
No regime simples, o empresário recolhe apenas uma alíquota que engloba diversos impostos. Nas empresas que se enquadram no lucro presumido, prevê-se o lucro que será aferido e calcula-se os impostos sobre esse valor. Já naquelas que se enquadram no regime tributário de lucro real, observa-se o lucro aferido pela empresa e, sobre ele, calcula-se o quanto a empresa pagará de tributos.
Veja os impostos devidos pelas PMEs
Há uma variedade de tributos que as empresas precisam pagar. Como você viu, ao optar pelo pelo regime tributário simples, o recolhimento se dá em uma única alíquota que engloba todos. Já no lucro presumido ou lucro real, há basicamente 8 impostos que as empresas podem precisar pagar. São eles:
IRPJ: o Imposto de Renda de Pessoa Jurídica é cobrado sobre a renda aferida pela empresa no ano do exercício.
CSLL: a Contribuição Social sobre Lucro Líquido é paga sobre o faturamento líquido da empresa.
PIS/Pasep: é a contribuição para o Programa de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público.
COFINS: é a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social, e incide sobre a comercialização.
Contribuição Previdenciária: a contribuição para a seguridade social é paga na quota parte a cargo da pessoa jurídica empregadora sobre o valor do salário dos empregados.
IPI: o Imposto sobre Produtos Industrializados é pago sobre o produto industrializado por empresas que exercem essa atividade.
ICMS: o Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Sobre Prestações de Serviços é cobrado das empresas que atuam com comercialização de produtos e que exijam transporte, circulação e comercialização entre os estados e municípios.
ISS: o Imposto sobre Serviços é devido por empresas que atuem com serviços ou por profissionais liberais – ou seja, que não são empregados, ainda que prestem serviço para outras pessoas pessoas jurídicas.
Tenha uma boa gestão tributária
Uma boa gestão tributária passa, necessariamente, por calcular, projetar e implementar o melhor regime tributário para a sua empresa de acordo com suas atividades e possibilidades. Ante a complexidade do sistema tributário nacional, um profissional de contabilidade é essencial para se alcançar uma economia pautada na legalidade e baseada em uma gestão tributária responsável.
QuickBooks