Como definir as mulheres na atualidade

Donas do próprio nariz ( e da própria empresa!)

Multitarefa. Essa palavra pode definir muitas mulheres na atualidade. Elas trabalham fora, exercem cargos de importância, são empreendedoras e fazem a diferença.

Para poderem realizar tudo isso, no entanto, elas tiveram e ainda têm que lutar, mostrando competência e criatividade. Usando sua capacidade de trabalho, inovação e talento, mostram que não ficam para trás no que diz respeito a liderar e levar com sucesso suas profissões e negócios.

Entendendo o que elas querem

Trabalhando por quase uma década em empresas com foco em produtos femininos, a publicitária Cinthia Almeida não estava satisfeita com a maneira que as companhias buscavam suprir as necessidades desse público. “Grande parte das empresas acabava partindo para a massificação e nem sempre atendia as mulheres”, afirma.

Ela, que já desejava ser dona de sua própria empresa, então, decidiu construir um negócio focado em como vender para as mulheres. E assim surgiu a Delas! Mkt, uma consultoria que visa atender não apenas empresas especificamente do segmento feminino, mas aquelas que querem passar a investir nesse nicho de mercado.


Bom tratamento ao cliente

Cinthia explica que, por meio de sua consultoria, mostra às empresas que o importante é entender qual é o perfil da mulher atual. “Diferente do estereótipo do passado, atualmente existem várias mulheres dentro de uma só”, destaca.

Já Rose Gonçalves, com experiência em moda e na área de beleza, viu que oferecer um produto ou serviço não bastava. Era preciso saber conquistar o consumidor. “Comecei a perceber que tinha nicho para a área de treinamento de profissionais para a importância de fidelizar o cliente e de atender bem”, conta.

Pensando nisso, Rose, que já era empreendedora, mudou o nome da sua empresa, que passou a se chamar Assessoria de Beleza e incluiu treinamentos gerenciais para profissionais atuantes na área, como cabeleireiros, manicures, recepcionistas, entre outros.

E ela sabe que inovar e se reinventar sempre é indispensável. Por isso, procura diversificar os serviços que presta. “Vou treinar profissionais para saberem como atender uma noiva quando está no salão. Ela, que já está com uma sobrecarga emocional, precisa ser atendida muito bem”, explica.

Valorização da equipe

Outra empresária de destaque (sem dúvida, uma das mais importantes do país, atualmente) é Luiza Helena Trajano, presidente do Grupo Magazine Luiza, um dos gigantes do varejo nacional.

Comandando uma rede com lojas em 16 estados do país, Luiza conduz um empreendimento que tem entre suas características marcantes a constante valorização dos seus colaboradores. Um dos exemplos disso é o desenvolvimento de ações em prol das mulheres que trabalham na rede.

Formada nos cursos de Administração e Direito, começou a trabalhar desde os 12 anos na loja da família. Luiza cresceu dentro da empresa e assumiu a presidência do empreendimento em 2008. Eleita pela AmericaEconomia uma das 10 executivas mais poderosas da América Latina em 2010, recentemente Luiza aceitou o cargo de vice-presidente do Conselho Diretor dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016.

Antenada, a empresária ensaia um inovador modelo de negócios, que lançará mão da web para criar uma espécie de rede de representantes virtuais, as chamadas lojas sociais do Magazine Luiza.

A empresária, que tem um relacionamento de proximidade com suas equipes, também tem utilizado as redes sociais para estreitar a comunicação direta com os clientes. “Eu gosto muito do contato direto com o consumidor por meio das redes sociais, como faço aqui no Twitter”, declarou em seu perfil na rede.

 

 

Administradores.com.br