A importância dos controles internos

O que um bom controle interno pode fazer por uma empresa? Inicialmente a presença de controles internos em uma organização gera uma confiança maior quanto a qualidade de seus processos.
Atualmente muitas empresas usam de auditoria interna para garantir essa qualidade.
Investir em uma auditoria interna, é garantir que a empresa está preparada para prevenir e corrigir falhas que possam prejudicar a empresa como um todo.
A auditoria interna estuda e identifica por meio dos próprios controles internos, as falhas nos processos da empresa, e promove ações para solucioná-las e garantir que a empresa atinja seus objetivos.
O controle interno é uma necessidade incontestável a qualquer empresa, mesmo as menores que não tem como ter uma auditoria interna.
Isso porque para que uma empresa possa ganhar mercado e se manter bem perante ele, é necessário o uso de planos estratégicos, que só vão funcionar bem se os processos internos da empresa estiverem bem elaborados.
Uma empresa para crescer precisa ser organizada, e para isso os controles internos serão as ferramentas mais seguras para avaliar o grau de crescimento da empresa, e se os atuais controles internos utilizados estão adequados a realidade organizacional da mesma.
Atualmente existem dois tipos de auditoria, a interna e a externa. A auditoria interna lida com questões de gerência e assessoramento interno na organização. Já a auditoria externa trabalha mais em cima das demonstrações financeiras da empresa.
Seja qual for o tipo de auditoria, é necessário que um bom auditor tenha algumas características como criatividade, ter uma forte percepção para identificação de erros ou fraudes, ter visão estratégica para garantir que os processos sejam executados da maneira mais eficiente possível, entre outras qualidades.
Os controles internos são muito utilizados em cima dos estoques por exemplo, principalmente para empresas com atividades que geram uma renovação de estoque constante, como no caso dos supermercados.
Esse é um ramo de atividade que realmente exige um rigoroso controle interno sobre seus estoques, o que acaba envolvendo vários setores da empresa.
Mas acima de tudo, é necessário, que se implementados, os controles internos sejam seguidos com atenção e disciplina, apesar de ser difícil de manter e controlar estes processos, eles contribuirão muito na gestão da empresa.
Contabilidade na TV

Deixe uma resposta